Utili Foto
Utili Foto

Minha Casa, Minha Vida, mudanças

Os limites de renda familiar do Minha Casa Minha Vida serão corrigidos pela inflação: a faixa intermediária, de R$ 2,3 mil passará para R$ 2,6 mil; a de R$ 3,6 mil para R$ 4 mil e a de R$ 6.500 para R$ 7 mil. A vantagem dessa mudança é atingir mais faixas de renda.

As mudanças no programa serão apresentadas ao Conselho Curador do FGTS antes do anúncio do Palácio do Planalto. A solenidade contará com a presença de vários empresários do setor.

Os empresários também defendem aperfeiçoamentos na lei que instituiu o patrimônio de afetação (onde cada empreendimento tem que ter contabilidade separada para evitar contaminação de eventuais dificuldades de caixa) e alienação fiduciária (o imóvel só passa para o nome do mutuário depois da quitação do empréstimo). Estes itens fazem parte das discussões sobre a medida para coibir os distratos, presidente prudente mell imoveis.

Outra medida que deverá ser anunciada é ampliação do valor do imóvel dentro do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), formado pelos recursos do FGTS e da poupança, com juros limitados a 12% ao ano, dos atuais R$ 950 mil para R$ 1,5 milhão.

 

Comentários desativados em Minha Casa, Minha Vida, mudanças
Categorias: Uncategorized